24h em Key West: o que fazer?

Key West é a cidade mais ao sul dos Estados Unidos e faz parte das Florida Keys, um conjunto com mais de 800 ilhas na região da Flórida. Apelidado de caribe americano, fica mais próximo de Cuba do que de Miami, por isso tem forte influência da cultura caribenha. Grande parte das pessoas falam espanhol, os […]

04 outubro de 2018

Key West é a cidade mais ao sul dos Estados Unidos e faz parte das Florida Keys, um conjunto com mais de 800 ilhas na região da Flórida. Apelidado de caribe americano, fica mais próximo de Cuba do que de Miami, por isso tem forte influência da cultura caribenha. Grande parte das pessoas falam espanhol, os restaurantes fazem comidas típicas e há várias lojas com charutos cubanos à venda.

Nesse post, mostro os principais destaques da cidade e o que fazer se tiver apenas um dia por lá, assim como nós 🙂

A rua mais famosa de Key West é a Duval Street. Ela tem aproximadamente 2 quilômetros de extensão, o que pode ser facilmente feito a pé. Aproveite para conhecer as lojinhas e restaurantes que tem por lá. No meio do caminho, pare em alguma cafeteria ou doceria para provar a tradicional Key Lime Pie. A clássica tortinha de limão é a sobremesa mais famosa da cidade e é deliciosa! Provamos em lugares diferentes e não decepcionou. Ela ficou tão popular que o sabor já foi incorporado em cookies, torradas, balas e até chá!

O sistema de hospedagem conhecido por bed and breakfast é super comum em Key West. Os casarões antigos da cidade se transformaram em hotéis, que proporcionam uma experiência mais cultural e inserida no cotidiano. Os turistas ficam hospedados nos quartos da casa e têm direito ao café da manhã. Esse tipo de hospedagem funciona super bem para quem viaja sozinho, pois a maioria dos casarões são bem localizados (próximos da Duval Street). No entanto, vale reforçar que não há estacionamento, então atente-se à quantidade de bagagem que leva e se está de carro. 

O pier da Praça Mallory é o melhor lugar para ver o pôr-do-sol de Key West, um dos mais famoso do mundo! Todos os dias, centenas de pessoas se reúnem no local e fotografam o sol se pondo no mar. É simplesmente lindo!

Sloppy Joe’s é um dos bares mais conhecidos de Key West. Sua fama se deve ao fato de ter sido muito frequentado pelo escritor Ernest Hemingway na década de 1930. Hoje em dia, está localizado na Duval Street, mas a locação original fica na Greene Street, a poucos metros da atual, e agora tem o nome de Captain Tony’s Saloon.

Para comer, pedimos um prato super típico da região: fish and chips, que significa peixe com fritas em português. Também pedimos a versão com camarão e cada prato custou aproximadamente 16 dólares.

Se você é fã de Hemingway, a casa dele em Key West virou um dos maiores pontos turísticos da cidade. O espaço abriga os móveis em estilo colonial da época em que o escritor morava ali com a segunda esposa. Quando ele morreu, os novos proprietários decidiram preservar o imóvel e transformá-lo em um museu. A entrada custa 14 dólares e você encontra mais informações no site do The Ernest Hemingway Home & Museum.

Clique aqui e leia mais sobre a Flórida

autora da matéria Bárbara Pereira
compartilhe
comentários
comentários

Acompanhe no YouTube

Siga no Instagram @barbara_pereira

No finalzinho de 2020, decidi que iria tirar esse projeto do papel e enfim criar meu podcast de viagem. Falar sobre esse tema em plena pandemia parecia loucura - afinal, eu só acumulava viagens canceladas, não tinha perspectiva tão próxima de vacina e a situação econômica do país não era nada promissora. Ou seja, eu não conseguia enxergar nem uma semana à frente 😅
Vai ter muito conteúdo de viagem e gastronomia no LinkedIn SIM! Tô feliz demais em poder contar que agora faço parte do time de Creators do LinkedIn, com criadores de conteúdo selecionados pela plataforma - não sei fingir costume, isso é chique demais 😂
Pronta para viver e contar novas histórias. Cheguei, @cnnbrasil ❤️
Dizer adeus nunca é fácil, ainda mais quando a gente olha pra trás e enxerga uma trajetória repleta de amizades, alegrias e realizações. O Estadão foi minha casa por mais de três anos, ainda como estagiária e depois como parte da incrível equipe de redes sociais. Foi ali que entendi que o jornalismo não estava acabando, mas sim se reinventando. Vi e admirei o Drops de longe, para depois assumir esse projeto tão especial ao lado do melhor parceiro que poderia existir. Não dá pra pensar em qualquer outra palavra senão #gratiluz kkkkk por tudo o que vivi no jornal. Fui feliz demais da conta e hoje saio preenchida de amor, pronta para dar o próximo passo. Que venham novos momentos! Até logo, Estadão 💛
Um dos meus doces favoritos em São Paulo é do @delapaixbistro. A torta de suspiro é recheada com um creme de amêndoas, chocolate meio amargo e geleia de frutas vermelhas. A combinação é divina! O doce sai por R$ 19 e o restaurante fica na Rua Tupi, 844 - pertinho do Estádio do Pacaembu 😋
O Panamá é um país muito conhecido por ser uma escala aérea bem comum para quem está viajando com destino a América do Norte. Porém, a realidade é que ele pode ser muito mais que isso. O país é repleto de belezas naturais, tem praias de águas cristalinas e atrações bem interessantes que podem tornar, principalmente a Cidade do Panamá, um destino além da conexão.

Compre seu chip de internet com 30% de desconto usando o cupom BARBARA30




matérias relacionadas