Valência em um dia: o que fazer e onde comer

Aproveite sua passagem pela cidade para conhecer o suposto Santo Graal e experimentar a paella valenciana; confira o que fazer em Valência em um dia

04 maio de 2022

Valência é uma cidade que pode ser facilmente explorada em um dia; apesar disso, é a terceira cidade mais populosa da Espanha. É conhecida por abrigar o suposto Santo Graal, pela tradicional paella valenciana e também pela moderna Ciudad de Las Artes y Las Ciencias. 

Além disso, vale destacar que a cidade possui outro idioma além do espanhol: é o valenciano, um dialeto que, particularmente, me parece uma mistura de espanhol com francês.

Outro destaque de Valência são as chamadas fallas. É uma festa típica da cidade que ocorre em 19 de março, dia de São José. A festividade envolve queimar bonecos gigantes feitos de papel machê ou madeira. No primeiro episódio do podcast Por Onde Andei, nossa convidada Raíra Venturieri comentou sobre sua experiência de participar das fallas. Clique aqui para ouvir!

Estive em Valência em janeiro de 2022 e o clima me surpreendeu: apesar de ser inverno, fez calor durante o dia e consegui passear de camiseta. Abaixo, compartilho meu roteiro completo e os pontos turísticos que você não pode deixar de conhecer se for visitar a cidade.

Valência em um dia - Torre de Serranos

O que fazer em Valência

Fiquei hospedada no AC Hotel Valencia, uma rede bem legal com hotéis em vários países da Europa. Essa unidade fica localizada próxima ao complexo da Ciudad de Las Artes y Las Ciencias, mas nosso roteiro não começou por ali. A zona antiga da cidade fica mais distante, então optamos por ir de ônibus até lá. No restante do dia, fomos conhecendo os pontos turísticos a pé sempre em direção ao nosso hotel. Esse método funcionou super bem em Valência e é uma ótima opção para quem fica hospedado na mesma região.

Nosso ônibus parou próximo à Torre de Serranos e ali começamos o passeio por Valência. A torre foi construída no século 14 com o objetivo de defender a porta de uma das muralhas mais usadas na época. No século 16, foi convertida em uma prisão, que ficou em funcionamento até 1887. É possível subir a torre para contemplar uma vista da cidade.

Valência em um dia - Catedral de Valência

Em seguida, caminhamos até a Catedral de Valência. Ela também é conhecida como Catedral del Santo Cáliz, porque abriga o que dizem ser o Santo Graal verdadeiro. Segundo o catolicismo, esse foi o cálice usado por Jesus na última ceia, quando ele dividiu uma refeição com seus apóstolos antes da crucificação. 

A construção da catedral começou no século 13 e terminou apenas no século 17 – foram mais de 400 anos em obras! A visita inclui o Santo Graal, obviamente, e um pequeno museu de arte sacra. É possível também subir a Torre Miguelete no mesmo local. A entrada para a catedral sai por 8 euros, enquanto a torre custa 2 euros (valores de 2022).

Valência em um dia - Santo Graal

Minha próxima parada foi o Mercado Central. Ele é um clássico mercadão que encontramos em qualquer cidade: possui barracas de frutas e legumes, comidas típicas… Eu considero uma ótima forma de conhecer a cultura local. Bem em frente a ele, almocei a clássica paella, prato feito a base de arroz temperado e servido com legumes e carnes. No Brasil, é bem comum ser feita com frutos do mar, mas a paella valenciana original leva carnes de frango e coelho.

Outro mercado legal para conhecer é o Mercado Colón. Nele, eu aproveitei para experimentar a horchata, uma bebida típica valenciana feita a partir de uma raiz chamada chufa. Eu particularmente não gostei, mas viagem é isso: precisamos provar!

Por fim, aproveite a Ciudad de Las Artes y Las Ciencias sem hora para ir embora. Que espetáculo de lugar! É um complexo arquitetônico, cultural e de entretenimento simplesmente gigantesco. São várias atrações no mesmo lugar: cinema, planetário, museu de ciências, casa de ópera e até mesmo o maior aquário oceanográfico da Europa! 

Não precisa de ingresso para visitar o complexo, mas sim para as atrações específicas. Ainda que você não entre em nenhuma delas, o passeio é incrível! Fiquei lá durante o pôr-do-sol e a luz estava linda. 

Valência em um dia - Ciudad de las Artes y las Ciencias

Onde comer em Valência

Uma coisa é óbvia: se você estiver em Valência, precisa experimentar a paella. O prato é tão típico por lá que acabou ganhando várias adaptações, inclusive para quem não come carne. 

O lugar onde comi não era tão incrível, então nem vale a recomendação. Por isso, a minha sugestão é que você pesquise em sites e blogs de viagem para encontrar alguma indicação legal pela cidade.

Como minha passagem por Valência foi rápida, tenho apenas uma única sugestão de restaurante por lá. É a La Piazza, uma rede de pizzarias com algumas unidades pela Espanha – a maioria delas em Valência mesmo. As pizzas saem a partir de 8 euros e são bem saborosas! Eu fui na unidade do shopping Aqua Multiespacio.

Valência em um dia - La Piazza

Acompanhe mais conteúdos de viagem no Instagram: @barbara_pereira

autora da matéria Bárbara Pereira
compartilhe
comentários
comentários
matérias relacionadas